Fundação Florestan Fernandes contrata 50 Jovens Aprendizes

4 de outubro de 2018

Fonte: Diário Regional 04/10/2018

Desde maio deste ano, a Fundação Florestan Fernandes, em Diadema, passou a atender os jovens da cidade que já haviam participado do PPE – Curso de Preparação para o Primeiro Emprego, também com o Curso do Jovem Aprendiz, chegando à marca de 50 jovens inseridos no mercado de trabalho até setembro.

A Fundação Florestan Fernandes está devidamente registrada junto ao Ministério do Trabalho, apta a oferecer às empresas de Diadema e toda a região a contratação de jovens Aprendizes, atendendo a Lei Federal 10.097 e o Decreto Lei 5598/2005, estabelecem que empresas de médio e de grande porte devem ter (dependendo do número de funcionários), de 5 a 15% de aprendizes ou estagiários em seu quadro de trabalhadores.

Atualmente 5 empresas já formalizaram parceria com a fundação para contratação de jovens de Diadema, e outras negociações continuam em andamento. “Nosso objetivo é garantir o crescimento do atendimento desses jovens na nossa cidade. O Jovem Aprendiz pode transformar a vida de pessoas e até de famílias inteiras, e por isso queremos firmar parcerias com mais empresas da cidade, que além de estarem cumprindo os requisitos legais, gerem emprego e renda especialmente para os jovens de Diadema” ressalta o diretor-presidente da Fundação, Paulo Fares

A aluna, Letícia Mendes Silva, passou por todas essas etapas e agora está finalmente em seu primeiro emprego. Para ela, a parceria da Florestan com as empresas é produtiva, porque “pode-se levar o que aprendemos em sala de aula para o ambiente de trabalho. E as empresas, nos ensinando, fazem com que só tenhamos a crescer, internamente, e dentro do mercado de trabalho”.

Para as empresas as vantagens são bastante visíveis. Primeiramente porque os jovens enviados precisaram ingressar na Florestan através de um vestibulinho, normalmente em julho e janeiro de cada ano, o que já garante uma primeira triagem. Durante 6 meses eles são preparados com noções administrativas, legais, bem como de ética, comportamento e postura. Durante os 2 anos em que o vínculo é realizado junto à empresa, eles continuam a frequentar as salas de aula, e têm suas ações acompanhadas, inclusive, por psicólogos. A empresa tem, assim, um canal direto para aperfeiçoar e moldar jovens que já entraram selecionados e motivados. O valor a pagar, pelas 4 ou 6 horas que o jovem passa dentro da empresa, é proporcional a um salário mínimo vigente.

Outros benefícios para o empresário são a isenção de contribuição previdenciária para optantes do Simples, a isenção de multa rescisória etc. Mas nada é mais recompensador do que a possibilidade de poder contar com alguém apto, motivado e dentro do perfil adequado para renovar os ares e reafirmar as diretrizes do contratante.

As empresas interessadas em ser parceiras da Fundação Florestan Fernandes para a contratação de Jovens Aprendizes devem entrar em contato pelo telefone 4053-2600 ou e-mail jovemaprendiz@florestan.org.br.

A Florestan possui atualmente 26 cursos profissionalizantes, distribuídos em 8 áreas, promovendo a capacitação ou requalificação para os munícipes que buscam uma colocação no mercado de trabalho.