Fundação Florestan Fernandes terá curso ministrado pelo Sebrae

29 de agosto de 2018
Na imagem, da esquerda para a direita: o assistente pedagógico, Gillian Bruno, a gestora do Sebrae do Grande ABC, Zenaide Mota, o diretor-presidente da FFF, Paulo Fares, a diretora-secretária, Margareti Sanches e a coordenadora do CIDAP, Clara Otsuki

 

Na tarde desta quarta-feira, 29/8, a Fundação Florestan Fernandes realizou a assinatura do termo de adesão ao Programa de Educação Empreendedora, oferecido pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). O objetivo é a oferta do curso “Crescendo e Empreendendo” para os alunos matriculados no Programa Jovem Aprendiz – Módulo Gestão. Na celebração do contrato, que aconteceu nas dependências da Florestan, estiveram presentes, o diretor-Presidente da Fundação, Paulo Fares e a Gestora do Sebrae do Grande ABC, Zenaide Mota.

O SEBRAE é uma entidade privada sem fins lucrativos, criada em 1972 e que visa estimular o empreendedorismo. A entidade faz parte do Sistema S, e é a maior referência no assunto no Brasil. O curso a ser ministrado é inédito na região do Grande ABC, e a gestora Zenaide Mota, ressalta o foco na questão comportamental dos alunos, e como isso poderá ser útil em várias oportunidades ao longo da vida. Também afirmou que sua entidade acredita muito no desenvolvimento de uma personalidade com mais protagonismo, por parte de todos os alunos.

A introdução do curso ministrado pelo SEBRAE vem agregar valor ao conteúdo do Programa Jovem Aprendiz. O programa, uma iniciativa recente da Florestan, já empregou 50 alunos em diversas empresas da região, inclusive, com carteira assinada. A porta de entrada é o curso de Preparação para o Primeiro Emprego, um dos 26 cursos gratuitos da autarquia. Segundo o diretor-Presidente, Paulo Fares:

“Mais do que formar os jovens, precisamos oferecer condições para que ingressem no mercado de trabalho e, com este aprendizado, vamos propiciar a oportunidade de empreender, de  conhecer as opções de trabalho”.

Os alunos do curso possuem entre 14 e 20 anos de idade, cursaram ao menos o 9º ano do Ensino Fundamental II e todos residem em Diadema; morar na cidade é uma exigência para este e todos os outros cursos da entidade. A admissão é feita  por meio de um processo seletivo que ocorre duas vezes por ano; a previsão de início das inscrições para o próximo é de dezembro de 2018.

Compartilhe esta página