Trote Solidário espera arrecadação recorde

7 de março de 2019

Arrecadar alimentos para as entidades assistenciais de Diadema, esse é o objetivo do 13º Trote Solidário de Diadema, que será realizado no próximo sábado, 9/3, das 9h às 17h, no Supermercado Club de Campo. Podem ser doados alimentos não perecíveis comprados no supermercado durante o período do trote, como farinha, açúcar, óleo, arroz e feijão.

O trote é feito pelos alunos da Fundação Florestan Fernandes também com a intenção de que sejam ativos na sociedade e protagonistas em termos pessoais, colaborando para o exercício da solidariedade e da cidadania.

Essa é a 7ª vez consecutiva que o Club de Campo, que fica na av. Lico Maia, 930, Serraria, é parceiro no evento.

O diretor-Pedagógico, Gilian Bruno, destaca primeiramente que, a partir deste semestre, as ações sociais da entidade estarão vinculadas a uma “marca social” denominada “Florestan Solidária”, que abrigará toda ação social que utilize da infraestrutura, know-how e recursos humanos da entidade em prol da sociedade, como uma extensão daquilo que é realizado nos cursos.

Com relação à arrecadação de alimentos, Bruno lembra ainda que, “tal ação se faz mais que necessária pois, infelizmente, as pesquisas apontam o aumento de pessoas em vulnerabilidade alimentar em nosso país. Com esta iniciativa obviamente não resolveremos o problema de fome no mundo, mas certamente, com o fundamental apoio dos nossos alunos conscientes, fazemos a nossa parte para a construção de uma sociedade menos injusta e mais humana”.

O aluno Guilherme Pinheiro do Prado, de 16 anos, é estudante do curso de Preparação para o Primeiro Emprego, participa “todas as vezes possíveis” e considera a ação “uma ótima experiência para qualquer jovem”. Destaca o impacto ao  refletir sobre “pessoas que não têm tanta condição financeira, então você começa repensar suas atitudes, pois um simples pacote de arroz e de feijão pode alimentar uma Família”.

Na última edição do Trote, no segundo semestre de 2018, foram arrecadados 1.900kg de alimentos, que foram enviados à Secretaria de Segurança Alimentar, que tem a missão de repassar às entidades assistenciais cadastradas no programa, por intermédio do Banco de Alimentos.

Treinamento

O Trote Solidário possui toda uma logística para seu funcionamento no dia da edição, que passa, entre outras coisas, pela designação de tarefas e distribuição de pessoal no mercado, pelo armazenamento das doações recebidas e até pelo estudo de quais produtos em promoção são mais vantajosos para os clientes doarem. Inclusive, os alunos da Florestan passaram por um treinamento, que foi realizado nos dias 27 e 28/2, e que ensinou técnicas de abordagem, bem como assistiram edições anteriores do evento para se familiarizarem.